MIRE O CONTEÚDO

shoot for the content

Shoot for the contents, 1991, 102’, 16mm.

Para se aproximar da cultura chinesa, Trinh T. Minh-ha caminha por uma complexa estrutura de alegorias, figuras e contos nacionais. Nesse movimento, emergem questões como tradição e mudança, poesia e política, linguagem e poder, associadas a acontecimentos como a repressão do movimento pró-democracia na Praça Tiananmen em 1989. Ao mesmo tempo, a cineasta indaga sobre o processo criativo do próprio cinema, sobrepondo canções populares, música clássica, citações de Mao Tse-Tung e Confúcio, vozes de mulheres, artistas, filósofos e outras manifestações culturais. Imagens de vídeo simulam o ato da escrita e contrastam com as paisagens da China rural ou com as entrevistas estilizadas. Como na tradicional ópera chinesa, o filme se desenrola a partir de omissões ousadas e representações fugazes para revelar o real no ilusório e o ilusório no real. Por meio da cor, do ritmo, da palavra, e da contínua oscilação entre olhar e ouvir, Mire o conteúdo consiste num poderoso ensaio visual sobre a representação da China e seus deslocamentos – culturais, políticos, poéticos – no mundo contemporâneo.